Entre Capelas e Tabernas

Novidade Destaque Lançamento
-23% de desconto

De R$ 65,00
Por:
R$ 50,00
Economize  R$ 15,00

R$ 47,50 à vista com desconto Pagamento PIX
ou 3x de R$ 16,67 Sem juros Cartão Visa - Vindi
 
Simulador de Frete
- Calcular frete

Descrição Geral

Quem disse que tomista não pode escrever literatura?

Daniel C. Scherer revela-se um romancista de fino trato e mão tão cheia quanto abarca o seu refinado espírito filosófico; conduzindo o leitor Entre Capelas e Tabernas pelas pedras e veredas peregrinas do Caminho de Santiago, em um realismo poético poucas vezes escrito, visto ou lido.

Já é conhecido o Daniel Corteline Scherer metafísico, o jovem mestre que já nos brindou com duas pérolas da renovação tomista atual: A Raiz Antitomista da Modernidade Filosófica e A Metafísica da Revolução – Pressupostos do Liberalismo. Nesta terceira obra, situada na fronteira tensa entre o romance e a crônica o leitor é como que estirado junto com o protagonista entre dois polos: o relato soi-disant realista de uma viagem e a tentativa do protagonista de escrever um romance; entre uma, digamos, jocosa vitória do veraz sobre o verossímil e uma, digamos, vitória real mas limitada do verossímil sobre o veraz.

Tudo se passa no caminho de Santiago, que aliás o mesmo Daniel Scherer fez, donde deriva o lado realista da nossa obra. Mas é realismo impregnado, ele mesmo, de poesia das mais finas e, como se verá, de um espírito detetivesco herdado do melhor Chesterton, o do Padre Brown, com seu fino humor sempre de par com toda a seriedade do mistério. Alguém, por outro lado,  poderia sentir-se tentado a dizer que Entre Capelas e Tabernas é certo Bildungsroman, certo romance de formação; mas isso seria falsear o fundo da obra, que em verdade é certo Bekehrungsroman, certo romance de conversão – ainda que de tipo muito particular.

O nosso Daniel Corteline Scherer prima no literário pela mesma clareza com que prima no metafísico. É que, com efeito, o obscuro absolutamente não se presta à verdade nem ao belo, senão que é próprio antes da falsidade e do feio. E o nosso novel literato, sem deixar de fazer literatura perfeitamente condizente com nosso tempo, sai contudo de sua aventura perfeitamente inconspurcado de quaisquer feiuras modernistas.

Formas de Pagamento

Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Ficha Técnica


208 páginas
Formato: 14x21

Brochura
Com orelha
Papel pólen natural


Detalhes



Produtos Visitados
61982600101